nº 739, publicada a 14 de Agosto de 2015

Não haverá tempo de perdão na Sibéria para o mal que ao mundo lá for concretizado.

RECEBIDA: CL

08 de Julho de 2015