Filtrar Mensagens:

  

nº 381, publicada a 15 de Outubro de 2014

Migrarão as tormentas do norte em direcção a Montevideu, tudo será destruído e a beleza efémera dará lufar ao caos.

RECEBIDA:CL

22 de Março de 2014

  

nº 382, publicada a 15 de Outubro de 2014

Na praça do homem que tudo reconstruiu dar-se-á uma devastidão de proporções ainda maiores.

RECEBIDA:PD

18 de Março de 2014

  

nº 383, publicada a 15 de Outubro de 2014

O sol brilhará tão intensamente que as pessoas desejarão o seu cobrir.

RECEBIDA:PD

18 de Março de 2014

  

nº 384, publicada a 15 de Outubro de 2014

O homem fará do seu alimento a sua guerra.

RECEBIDA:PD

18 de Março de 2014

  

nº 385, publicada a 15 de Outubro de 2014

Partirão em demanda da Roménia, aqueles a quem os outros não tardarão a perseguir, serão acolhidos de forma trágica pelos outros que não os querendo farão deles almas a partir na brevidade do tempo que urge.

RECEBIDA:CL

24 de Março de 2014

  

nº 386, publicada a 15 de Outubro de 2014

Não cessará a intempérie na Índia, 14 dias e 14 noites, será grande a fome e o povo sem ter onde se abrigar e acolher o pouco que restará.

RECEBIDA:CL

24 de Março de 2014

  

nº 387, publicada a 15 de Outubro de 2014

O tormento desesperado da morte assolará Cleveland, a intempérie não cessará arrastando o pão cuja semente não vingará em solo fértil.

RECEBIDA:CL

26 de Março de 2014

  

nº 388, publicada a 15 de Outubro de 2014

Sofrerá o Arkansas a dor provocada aos outros, pela nação do imperialismo anexado.

RECEBIDA:CL

27 de Março de 2014

  

Em Cursonº 389, publicada a 15 de Outubro de 2014

Em breve anunciarão os países do Povo Europeu, que os diferentes dos iguais que ao nascimento pertencem serão enviados para um mundo desconhecido, entregues a si próprios e a uma fé desconhecida, partirão rumo a uma revolta do desconhecido e cientes de que a rejeição os atirará num mundo incerto.

RECEBIDA:CL

EM CURSO

EXPLICAÇÃO

A situação dos emigrantes e deslocados de guerra na Europa.

23 de Março de 2014

  

nº 390, publicada a 15 de Outubro de 2014

Será grande a desgraça no país do imperialismo, Miami desaparecerá e com ela toda a ostentação daqueles que tudo deixarão de possuir.

RECEBIDA:CL

31 de Março de 2014

  

nº 391, publicada a 15 de Outubro de 2014

Espalhará o Czar o terror no império por conquistar, aguarda a queda eminente de um desgoverno da nação à qual quer fazer parte.

Espera apenas o momento em que tudo se desmoronará a seus pés e combalido de pena prestará o serviço de domínio incrédulo das nações.

RECEBIDA:CL

31 de Março de 2014

  

nº 392, publicada a 15 de Outubro de 2014

Estremecerá chão e mar no Canadá, a destruição assolará os povos mais longínquos num sentimento de dor e perda sem memória.

RECEBIDA:CL

04 de Abril de 2014

  

Concretizadonº 393, publicada a 20 de Outubro de 2014

Ninguém calará os gritos de dor e desespero que vão ecoar do meio da população em sobressalto, o inimigo não dará tréguas e num momento de silêncio e homenagem fará a justiça do oposto.

A população jamais esquecerá os filhos perdidos e será muito o tempo de choro por eles.

RECEBIDA:CL

CONCRETIZADA

EXPLICAÇÃO:

Atentado de NICE, FRANÇA ocorrido a 14 de Julho de 2016.

http://www.tvi24.iol.pt/aominuto/578810240cf2edf5f6b5a1b3

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/07/veiculo-atinge-multidao-em-queima-de-fogos-do-14-de-julho-em-nice.html

https://pt.wikipedia.org/wiki/Atentado_de_julho_de_2016_em_Nice

05 de Abril de 2014

  

nº 394, publicada a 20 de Outubro de 2014

Nunca as mães da Indonésia viram tanta dor inundar os seus corações carregados de amor.

Chorarão os filhos que as tormentas e a terra engolirão num breve momento destruição.

RECEBIDA:CL

07 de Abril de 2014

  

nº 395, publicada a 20 de Outubro de 2014

Longa e sangrenta será a batalha no mar negro, uma mão apaziguadora não conseguirá fazer frente a uma vontade oposta e sem limites. Padecerão muitos no fundo das águas sem terem quem se compadeça da sua infindável dor.

RECEBIDA:CL

10 de Abril de 2014

  

nº 396, publicada a 20 de Outubro de 2014

Atendei onde o Cáspio termina, de lá surgirá a dor, a revolta e tudo aquilo que o mundo não quererá ver.

RECEBIDA:CL

10 de Abril de 2014

  

nº 397, publicada a 20 de Outubro de 2014

Sidney será atingida pelas mais altas ondas de calor e tudo secará em seu redor. Não haverá brisa que corra, nem água que refresque.

Tudo restará num assombro de pó e de corpos secos espalhados pelo chão.

RECEBIDA:MF

09 de Abril de 2014

  

nº 398, publicada a 20 de Outubro de 2014

Tudo será completamente limpo e ceifado, e no fim dos tempos o mar cobrirá o que o terra nãoconseguiu ver.

RECEBIDA:MF

09 de Abril de 2014

  

nº 399, publicada a 20 de Outubro de 2014

Pela China fora, ondas engolirão os mares. Nada será nem restará firme e o colapso dos tempos ditará o fim da civilização.

Nada ficará como antes e entre os escombros sobreviverão os filhos de uma nação que caminharão sós, na existência e na essência.

RECEBIDA:MF

09 de Abril de 2014

  

nº 400, publicada a 20 de Outubro de 2014

As águas não conhecerão mais a acalmia e os oceanos do mundo dançaram em revolto em redor de todo o planeta.

A Terra girará num turbilhão e os continentes se moverão conhecendo novas posições.

Já nada mais existirá para acreditar e aí todos se limitarão a existir, sem qualquer crença, vazios, sem fé.

RECEBIDA:MF

09 de Abril de 2014