Filtrar Mensagens:

  

nº 541, publicada a 05 de Março de 2015

Do alto da eterna morada da criação, cumpre o Mundo seu destino de angústia perante o Criador.

Tombarão as lajes do trono num momento compassado pelo mal imposto aos 4 elementos, a perda de fé acompanha-os numa melodia cambaleante de desespero.

Tudo o criado e destruído será renovado.

RECEBIDA: CL

02 de Dezembro de 2014

  

nº 542, publicada a 05 de Março de 2015

Não conseguirá o homem controlar a fúria das tormentas e do fogo.

Das suas mãos cairá a salvação dos poucos que restarão da maldade humana.

RECEBIDA: CL

02 de Dezembro de 2014

  

nº 543, publicada a 05 de Março de 2015

Não haverá tempo em Kinshasa para os que sobre a terra tombarão consigam elevar-se.

RECEBIDA: CL

02 de Dezembro de 2014

  

nº 544, publicada a 05 de Março de 2015

Formarão os quatro um só numa ironia de desespero pela traição do homem ao bem e ao outro.

RECEBIDA: CL

03 de Dezembro de 2014

  

nº 545, publicada a 05 de Março de 2015

Se elevará o grande Mar do Norte numa traição apocalíptica que tombará sobre a Terra.

RECEBIDA: CL

03 de Dezembro de 2014

  

nº 546, publicada a 05 de Março de 2015

Formará em França o lider um exército de justiça do oposto, impondo à Europa e aos seus o desprezo e o desespero.

Morrerão muitos ás suas mãos sem que a culpa os condene.

RECEBIDA: CL

03 de Dezembro de 2014

  

nº 547, publicada a 05 de Março de 2015

Em terras da Cantábria se mostrará o poder do Pai.

RECEBIDA: CL

03 de Dezembro de 2014

  

nº 548, publicada a 09 de Março de 2015

Não haverá misericórdia para os opositores do Czar.

RECEBIDA: CL

06 de Dezembro de 2014

  

nº 549, publicada a 09 de Março de 2015

Do interior da Terra brotará o fim.

RECEBIDA: CL

07 de Dezembro de 2014

  

nº 550, publicada a 09 de Março de 2015

Nobre figura está no arco do triunfo, sobre seus pés caminhará enorme revolta.

RECEBIDA: CL

08 de Dezembro de 2014

  

nº 551, publicada a 09 de Março de 2015

Encorajado pela verdade segue Francisco seu caminho, sobre si a espada da cruz dos mártires esquecidos.

Longe do trono aquele que um dia o ocupará quando o sucessor deixar lugar imenso desocupado pelos dogmas que afligem os cristãos.

RECEBIDA: CL

09 de Dezembro de 2014

  

nº 552, publicada a 09 de Março de 2015

Deixará a luz de ter lugar em Roma quando a paz abalar para junto do Pai.

Vazio ficará o trono cobiçado pela soberba que levará à desgraça.

De longe chegará o sucessor que bem perto espera o fim anunciado.

RECEBIDA: CL

12 de Dezembro de 1201

  

nº 553, publicada a 10 de Março de 2015

Num leito de morte revelará Francisco a verdade.

RECEBIDA: CL

13 de Dezembro de 2014

  

nº 554, publicada a 10 de Março de 2015

As chamas e as tormentas levarão tudo o criado na Pensilvânia, ficará o homem com as chagas da desgraça que a fé desacreditará.

RECEBIDA: CL

14 de Dezembro de 2014

  

nº 555, publicada a 10 de Março de 2015

Vestirá de ouro Pedro num deleite de ostentação e traição à fundação da Igreja do Pai.

Carregado pela mão de Jacó nobre trono ocupará sem que o manto da humildade se dobre a seus pés.

RECEBIDA: CL

14 de Dezembro de 2014

  

nº 556, publicada a 10 de Março de 2015

Não mostrará respeito o oposto pelos contrários ao Islão, às suas mãos sofrerão pela desigualdade e pelo respeito cristão.

RECEBIDA: CL

16 de Dezembro de 2014

  

nº 557, publicada a 10 de Março de 2015

Terá lugar em Kerbala a morte num anoitecer repentino em que o mal quebrará as tréguas.

RECEBIDA: CL

17 de Dezembro de 2014

  

nº 558, publicada a 10 de Março de 2015

Temei quando o Czar se aliar com o Oriente.

RECEBIDA: CL

20 de Dezembro de 2014

  

nº 559, publicada a 10 de Março de 2015

Sucumbirão os mártires em Pesahawa ao fogo inimigo.

Sobre a terra as almas imergem num paralelo de desespero e perdão.

RECEBIDA: CL

21 de Dezembro de 2014

  

nº 560, publicada a 10 de Março de 2015

Carregarão os mártires longe a pesada cruz de malta sobre o olhar atento do oposto.

A missão longa terá lugar, preparada está a batalha que a muitos tombarão sobre a terra perpetuando a brisa da origem do que há-de vir.

RECEBIDA: CL

24 de Dezembro de 2014