Filtrar Mensagens:

 Mensagem da Mãe 

nº 11, publicada a 19 de Abril de 2011

Queridos filhos,

No amor só existe a verdade.

No verdadeiro amor somente existe a pureza cristalina da vossa alma que é o reflexo do vosso coração.

Quando estão imbuídos do verdadeiro amor, percebeis que nada mais é importante do que se ser e participar para a complementaridade do todo, conforme a vontade de Deus.

Viveis o tempo da paixão do meu amado filho Jesus, recordai e senti dentro de vós a centelha do amor que ele foi portador e pelo qual foi sacrificado.

Em todos vós, a centelha desse amor existe, sempre existiu, somente está adormecida, porque preferis dar seguimento aquilo que os vossos olhos cobiçam e a vossa mente deturpa na plena convivência terrena.

Desta forma, a centelha primordial está entorpecida e apagada com imensos despojos sobrepostos.

Neste tempo, peço-vos que sintam e vivais o amor verdadeiro que o meu amado filho Jesus foi portador, aplicando, ensinando como um verdadeiro mestre.

Nesse tempo, tal como hoje, o homem era e é incapaz de sentir e exprimir a sua natureza divina, o "AMOR".

Jesus não morreu para remir os pecados do mundo, ele foi entregue e condenado pelos os homens por ensinar e aplicar o amor infinito sem condições a todos os seus irmãos, o seu sacrifico foi por amor, dando nova luz ao mundo.

Segui meus filhos o seu exemplo.

Amo-vos meus filhos e em mim repousam os vossos corações, mesmo quando a vossa entrega não é sincera, assim percebeis que eu aceito todos os meus filhos por igual sem excepções.

Vila do Conde, 19 de Abril de 2011

 Mensagem do Pai 

nº 12, publicada a 26 de Abril de 2011

Ninguém vem a mim, senão através do meu filho, pois quem acredita nele, acredita em mim.

A humanidade atravessa os seus momentos mais aterradores, fruto das escolhas do homem ao longo de toda a sua história.

Fácil, sempre foi para vós tomarem o caminho mais fácil, mais apelativo e porém sempre ignoraram as várias mensagens que sempre incumbi os meus mensageiros de vos transmitirem.

A vossa Mãe, sempre preocupada e atenta à vossa conduta, tudo fez e concretizou, chamando até si os mais simples e mais pequeninos, para que vós entendesses que somente nessa condição, poderíeis ser herdeiros do Reino de Deus e ao invés de perceberem o seu significado entendendo a mensagem, a "verdadeira mensagem", preocuparam-se inicialmente em descredibilizar as suas mensagens.

Ainda hoje o fazeis através daqueles que são os seus interlocutores, portadores das suas preocupações para vós.

Não dais ouvidos a tudo quanto ela vos tem transmitido e avisado.

Enviei o meu filho no tempo em que foi necessário fazer entender o homem da necessidade da mudança, hoje verifico que pouco mudou na essência de cada um de vós.

Nestes tempos actuais já se encontra novamente entre vós aquele que vos enviei para vos reunir e preparar o vosso lugar.

Não perdeis tempo, pois ele não é abundante.

Ouvi as suas palavras e tereis a salvação.

Ala Shalon.

Vila do Conde, 26 de Abril de 2011

 Mensagem da Mãe 

nº 13, publicada a 28 de Abril de 2011

Queridos filhos,

Eis o momento de virem até mim, escutai o meu chamado, ouvi a minha voz de súplica e os apelos à mudança interior em cada um de vós, meus amados filhos.

Sempre vos preparei para o melhor caminho que deveríeis trilhar, inclusive tive o cuidado de nos momentos mais difíceis e conturbados da vossa vida, vos ter segurado e evitado que o inimigo vos tomasse por completo, precipitando a humanidade num desespero e caos absoluto.

Não pode existir o amor, onde somente se instala o desespero, o ódio, levando-vos a cometer actos impensáveis.

Fui eu que segurei todos vós até agora, mas tal já não é mais possível.

A igreja do meu Jesus perdeu o controlo sobre todos os cristãos, não percebeu ela também, que é somente através do sacrifício e da humildade, que se obtém o amor do próximo e para o próximo.

Por tais actos, provocaram no coração dos meus filhos, sentimentos de desamparo, desalento e a perda de fé, caminho fácil para aqueles que querem corromper e destruir a humanidade.

Senti e confiai nas palavras que vos deixo, a necessidade de se aproximarem para junto do Pai, deixai-vos guiar pela sua voz.

Devem levar muito a sério as minhas palavras, o homem deve reencontrar o seu senhor, só assim podereis suportar o peso das mudanças que estão em curso.

Confiai, nos momentos mais complexos, voltai-vos para a vossa morada celestial, sabei que tudo vos será proporcionado à medida que necessitais e que Deus nunca abandona os seus filhos.

Uma maior crise financeira surgirá, antes mesmo de esta terminar, e então será o fim do modo de vida que até então conheceis.

Não permitais que o desespero se instale em vós.

Amo-vos meus filhos e em mim repousam os vossos corações, mesmo quando a vossa entrega não é sincera, assim percebeis que eu aceito todos os meus filhos por igual sem excepções.

Sameiro, Braga, 26 de Abril de 2011

 Mensagem da Mãe 

nº 14, publicada a 03 de Maio de 2011

Queridos filhos,

Estais a comemorar o meu aparecimento na Cova da Iria no vosso país, aos pastorinhos que escolhi para serem portadores das minhas preocupações para o mundo.

Pedi-lhes que transmitissem alguns desejos, todos eles devido a determinados períodos complexos que colocariam a humanidade em colapso, hoje vós já não conhecíeis o mundo senão tivessem acedido aos meus apelos.

Mas a minha visita ao vosso país, não teve somente esse significado, Deus na sua infinita sabedoria e amor, escolheu Portugal como sentido e destino para o mundo e tudo fez parte dos seus divinos projectos, alicerçando a fé em todos vós, chamando ao vosso interior a sua centelha criadora.

Hoje mais do que nunca, convido-vos a partilhar e a unir-vos em torno da fé e do amor, pois aproxima-se rapidamente momentos dolorosos e difíceis como há muito não sentíeis.

Preparai-vos pois, e não temam, todo aquele que vacila perante a adversidade e o temor lhe invada, deve repensar as prioridades da sua vida.

Não há medo, nem receio, quando em vós habita o que de mais puro e belo existe, e sobressai da natureza original que vos foi dado.

Amo-vos meus filhos e em mim repousam os vossos corações, mesmo quando a vossa entrega não é sincera, assim percebeis que eu aceito todos os meus filhos por igual sem excepções.

Vila do Conde, 03 de Maio de 2011

 Mensagem da Mãe 

nº 15, publicada a 08 de Maio de 2011

Queridos filhos,

Deus tem pressa no vosso regresso para ele.

Ele, infinito e cuidadoso como um pai extremoso, deu-vos a vida e o mundo para serem felizes e completos.

Tudo quanto vos rodeia foi a sua criação para que pudésseis usufruir e sentirdes a grandeza sublime e suprema daquilo que sois e representais.

Porquê meus filhos, que fechais os vossos olhos e sentidos à magnífica criação onde vos deveríeis rever?

Filhinhos,

Olhai em torno de vós, senti as sensações que o vosso planeta vos transmite, senti a criação Divina da qual fazeis parte integrante, tudo isto foi o que Deus desejou e criou para vós.

No entanto continuais obstinados por tudo quanto não tem o devido valor e é efémero.

Quando vedes uma paisagem ou um lugar que vos faz sentir sublimes, ou seja, a vossa alma rejubila, com a capacidade de se sentir integrante no todo belo que presenciais.

São esses os momentos que Deus vos concedeu e que não souberam entender.

Ainda estais a tempo.

Voltai-vos para a vossa origem, amai-vos a vós mesmo e aos outros em igual condição.

Amo-vos meus filhos e em mim repousam os vossos corações, mesmo quando a vossa entrega não é sincera, assim percebeis que eu aceito todos os meus filhos por igual sem excepções.

Vila do Conde, 08 de Maio de 2011

 Mensagem de Jesus - 1ª Parte 

nº 16, publicada a 11 de Maio de 2011

Irmãos,

Sou Jesus, para muitos tenho nomes e designações diferentes, contudo sou um só, tal como o Pai e a Mãe também o são, independentemente da forma como o chamais.

Depois da minha partida para a casa do Pai, vós esperáveis que todos os ensinamentos que deixei fossem aplicados por todos, e assim deveriam.

Trouxe para vós o ensinamento mais sublime e autêntico que até hoje não conseguis alcançar, apesar da vossa alma estar impregnada de toda a sua pura essência e verdade.

Sois portadores daquilo que habita no Reino do meu Pai, o amor infinito e sem condições por todos e tudo.

Isto em verdade foi o que vim ensinar-vos, tendo o Pai confiado o seu filho, para ensinar e mostrar a todos os outros seus filhos.

- Sê exemplo na forma, para que possam perceber, e sobressaia em si aquilo que eles não conseguem por si só fazer sobressair do seu espírito - Foram as palavras de meu Pai, quando fui enviado para junto de vós.

A minha igreja foi por mim fundada e continuada pelos meus discípulos e agora eis que está na hora de retomar o meu lugar no meio de vós.

O meu espírito está com aquele que o Pai designou para cumprir com os tempos actuais, os tempos que foram por mim ensinados e apresentados a todos que hoje fazeis parte do momento que viveis.

O filho do homem está entre vós novamente, para cumprir com os planos do meu Pai e eu estou nele nesta segunda vinda.

Não estou nem vim da forma como todos pensavam e queriam, porque em nenhum lado o disse que viria da mesma maneira como vim no passado.

Vila do Conde, 08 de Maio de 2011

 Mensagem de Jesus - 2ª Parte 

nº 17, publicada a 11 de Maio de 2011

Irmãos,

Eis os tempos em que a figueira está madura e os figos prontos a serem colhidos;

Eis os tempos de que todos são iguais aos olhos do Pai independentemente das suas condições sociais, estatutos, funções, rico, pobre, nobre, orgulhoso ou humilde.

Eis os tempos em que os vossos actos serão pesados e ponderados na balança da justiça divina;

Eis os tempos do retorno do filho pródigo à casa de seu Pai;

Eis os tempos do sermão aos Peixes;

Eis os tempos da consumação e confirmação de tudo quanto no vosso interior sabeis, a consumação dos tempos.

Foi dada ao homem a felicidade eterna, o paraíso completo e repleto de felicidade e amor, eis que através dos vossos actos, permitiram que aquele que se nos opõe corroesse o vosso interior e destruísse o jardim que o Pai vos presenteou.

Hoje viveis sob o jugo e a dor permanente do amanhecer das vossas inquietudes irreflectidas e constantes, sempre permitindo que os exércitos de Satanás vos vença pela falta de fé e força, bem como da coragem, que foram perdendo ao longo do vosso penoso caminho.

Já não conseguis diferenciar o bem do mal, essa percepção entre vós está tão errada, que tudo contamina e inutiliza, esvaziando o Éden da sua verdadeira essência e pureza. E não percebeis o quanto isso vos afunda cada vez mais na obscuridade afastando-vos do vosso criador, caindo facilmente nas garras daquele que sempre vos quiseram e querem destruir.

Pensáveis que o Pai, eu e a minha amada Mãe, quando vos falávamos através de diversas formas e diferentes meios, dos riscos que corríeis motivada pela conduta que tinham, não era com preocupação verdadeira e sentida sobre o que ocorria que não era do vosso conhecimento? e vede que apesar de tudo acabaram todos vós numa situação em que não vislumbrais saída.

Vila do Conde, 08 de Maio de 2011

 Mensagem de Jesus - 3ª Parte 

nº 18, publicada a 11 de Maio de 2011

Estais na garra daquele que sempre tentamos combater, para que não fosseis sujeitos ao caos e à destruição por ele exigidos.

Este é o seu plano, sempre o foi por séculos e séculos inumeráveis.

Vê-de as vossas famílias e senti aquilo que hoje tendes em vossos corações !

Vê-de as vossas nações,vê-de as vossas comunidades !

Onde está presente aquele que é detentor da vida?, onde está aquele que é detentor do amor incondicional ?, que enviou o seu filho para o meio de vós, e que nunca foi verdadeiramente entendido, por vós a minha presença, pelo menos com a verdade necessária e completa daquilo que vos ensinei e deixei.

Estais no limiar da vossa vida e eis-me de volta naquele que é o filho de Deus, seu e meu Pai, para trazer a justiça ao Mundo e preparar os justos, diferenciando-os de todos aqueles que estão entre vós e pertencem ao oposto.

Ele veio trazer a luz ao Mundo no limiar deste, preparando os caminhos para o combate que oporá o bem e o mal.

Irmãos,

Eu sou aquele que vim trazer a paz e o amor ao Mundo e nele edifiquei a minha Igreja, voltai-vos para Deus, meu amado Pai, sede mansos e humildes de coração, porque vosso é o Reino de Deus.

Que o Divino Espírito Santo ilumine todos vós, em vós permaneça, confortando e alimentando o vosso Espírito, preparando-vos para o Pai.

Vila do Conde, 08 de Maio de 2011

 Mensagem da Mãe 

nº 19, publicada a 15 de Maio de 2011

Queridos filhos,

Como é penoso continuar a verificar que não escutais os meus apelos por todo o mundo!

Que se passa convosco? Não atentais à urgência de tudo? Não sentis agora mais do que nunca a instabilidade a instalar-se nas vossas vidas? Porque continuais surdos ás minhas palavras? Porque não sentis o que vos mostro?

Como vos posso fazer sentir mais, a dor profunda que dentro do meu coração vai, dor que em qualquer um de vós, vos tiraria a vida pelo seu desespero.

Choro, imenso e lamento tanto que tantos e tantos dos meus filhos que partem são entregues ás forças que tudo fizeram para os levarem prematuramente. E contudo verifico que os caminhos que percorreis, todo ele está em lama, com imensos e inúmeros perigos que a maioria de vós não irá reparar.

Oh, amados filhos,

Que tristeza em meu coração permanece, alimentando a angústia e a dor de tudo fazer por vós e mesmo assim não chegar a quem tanto amor e empenho eu devoto.

Segui-me meus filhos, escutai, atentai aos meus pedidos e percebereis a graça que o Altíssimo tem para vós.

Prestai atenção a Portugal, pois de lá virá a salvação para vós, escutai e estejam atentos, porque a vontade de Deus manifesta-se e será o momento para ele reunir os seus eleitos.

Não percais tempo.

Amo-vos meus filhos e em mim repousam os vossos corações, mesmo quando a vossa entrega não é sincera, assim percebeis que eu aceito todos os meus filhos por igual sem excepções.

Vila do Conde, 15 de Maio de 2011

 Mensagem da Mãe 

nº 20, publicada a 23 de Maio de 2011

Queridos filhos,

A vossa força está no Altíssimo que alimenta os vossos corações quando a vossa vida vos é pesada, procurai-o e confiai nele, pois sempre vos socorrerá nas vossas necessidades.

Não permaneceis parados perante as adversidades, são nesses momentos que a força existente em vós deverá sair, tendes toda a capacidade de superar as dificuldades dos vossos dias, porém senti-vos perdidos e sem rumo, permitindo que a obscuridade vos confunda, lançando-vos cada vez mais numa apatia e desânimo, tornando-vos seus dependentes.

Procurai Jesus na Eucaristia e segui os seus exemplos, o meu filho está convosco sempre, aliviai vossas mágoas e sofrimentos interiores para atenuar o fardo que teimais em carregar.

Sois filhos da luz, e na luz devereis permanecer, encontrareis a fortaleza para os vossos corações quando sois exemplos da luz.

Não temais, pois tudo tem um propósito e uma razão, deixai o vosso coração livre da natureza humana, assim será inundado com a tranquilidade e serenidade inerente a cada um de vós.

Tendes de escutar atentamente o que vos falo e levar muito a sério, pois somente assim, tereis a capacidade de entender e suportar os momentos difíceis que atravessais.

Estou sempre com cada um de vós e nunca vos abandono.

Permiti-vos sentirem-me.

Amo-vos meus filhos e em mim repousam os vossos corações, mesmo quando a vossa entrega não é sincera, assim percebeis que eu aceito todos os meus filhos por igual sem excepções.

Vila do Conde, 23 de Maio de 2011