Filtrar Mensagens:

  

nº 441, publicada a 11 de Dezembro de 2017

Parte a alma

deixa o ser

sofre o peito

pela morte

que fica no leito.

Silencia-se o coração

pela mão que

não entende a razão.

Rasga o ter

cala o ser

num elo

que não se vai perder.

RECEBIDA: CL

21 de Novembro de 2017

  

nº 442, publicada a 11 de Dezembro de 2017

Paz é liberdade,

Numa estrada de verdade.

Paz é amor,

de leveza interior.

Paz é o destino,

grande ou pequenino.

Paz é Criação,

do descrente e do cristão.

Paz é procura,

de luz em noite escura.

Paz é saber,

amar o amanhecer.

Paz é o branco,

que cobre negro manto.

Paz é atado,

de procura do entrelaçado.

Paz és tu,

o outro e,

todos que a entendam.

RECEBIDA: CL

22 de Novembro de 2017

  

nº 443, publicada a 11 de Dezembro de 2017

Tenta ser e fazer diferente, pode ser que com o tempo te habitues.

RECEBIDA: CL

22 de Novembro de 2017

  

nº 444, publicada a 11 de Dezembro de 2017

Ao longo do tempo a sociedade tem empobrecido no cultivo e transmissão de valores.

RECEBIDA: CL

25 de Novembro de 2017

  

nº 445, publicada a 11 de Dezembro de 2017

Um falhado, falhará sempre se perder a oportunidade de deixar de o ser.

RECEBIDA: CL

27 de Novembro de 2017

  

nº 446, publicada a 03 de Janeiro de 2018

Não lamentes o erro, ele fará de ti uma pessoa mais feliz.

RECEBIDA: CL

13 de Dezembro de 2017

  

nº 447, publicada a 03 de Janeiro de 2018

O único ser que o homem deve temer é ele próprio.

RECEBIDA: CL

20 de Dezembro de 2017

  

nº 448, publicada a 03 de Janeiro de 2018

Não discutas com a ignorância, ela tem sempre a razão.

RECEBIDA: CL

27 de Dezembro de 2017

  

nº 449, publicada a 03 de Janeiro de 2018

Quem não se indigna com o Mundo, vagueia nele.

RECEBIDA: CL

27 de Dezembro de 2017

  

nº 450, publicada a 18 de Janeiro de 2018

A cegueira floresce dentro do coração do homem.

RECEBIDA: CL

30 de Dezembro de 2017

  

nº 451, publicada a 18 de Janeiro de 2018

Aquilo que fazes ou deixas por fazer cria apeadeiros no teu destino.

RECEBIDA: CL

01 de Janeiro de 2018

  

nº 452, publicada a 18 de Janeiro de 2018

A tristeza é uma alegria sem fé.

RECEBIDA: CL

03 de Janeiro de 2018

  

nº 453, publicada a 18 de Janeiro de 2018

Mentir é mascarar a verdade.

RECEBIDA: CL

03 de Janeiro de 2018

  

nº 454, publicada a 18 de Janeiro de 2018

Medo

É ver e não crer.

Medo

De ser e não ter.

Medo

De dar sem receber.

Medo

De abrigar a tristeza,

de uma alma indefesa.

Medo

Do hoje e pavor do amanhã.

Medo

Da sombra que mata,

uma verdadeira ingrata.

Medo

Da perda do ter,

do ser e do receber.

Medo é dor,

de uma alma,

da qual se foi o coração.

RECEBIDA: CL

03 de Janeiro de 2018

  

nº 455, publicada a 18 de Janeiro de 2018

Não provoques nos outros o sofrimento que não queres ver nos teus.

RECEBIDA: CL

07 de Janeiro de 2018

  

nº 456, publicada a 18 de Janeiro de 2018

Depois da noite se deitar no seu regaço de negra solidão,

o sol renasce a cada dia, embalando a luz numa melodia, ora lenta, ora agitada.

Entre a noite e o dia, o tempo as separa, as encurta ou prolonga.

O homem deita-se com a noite, embala o sono à espera,

que a luz acorde o sol e a vida dê os braços ao tempo ele corra, ora lento, ora rápido num caminho chamado destino.

RECEBIDA: CL

11 de Janeiro de 2018

  

nº 457, publicada a 18 de Janeiro de 2018

Quem acha que tudo sabe, sabe muito pouco do que aquilo que devia saber.

RECEBIDA: CL

11 de Janeiro de 2018

  

nº 458, publicada a 18 de Janeiro de 2018

O homem tende a complicar a simplicidade.

RECEBIDA: CL

12 de Janeiro de 2018

  

nº 459, publicada a 23 de Janeiro de 2018

Não confundas arrogância com conhecimento.

RECEBIDA: CL

16 de Janeiro de 2018

  

nº 460, publicada a 23 de Janeiro de 2018

Anseia conhecer o que desconheces e reconhece o conhecido.

RECEBIDA: CL

16 de Janeiro de 2018