nº 1532, publicada a 01 de Setembro de 2020

Sevilha procurará o refúgio da peste que chega, bate à porta e no tapete se senta.

RECEBIDA: CL

26 de Agosto de 2020