nº 767, publicada a 19 de Outubro de 2015

Pedirão o pão a mão e alento aqueles que pela Gare do Oriente os irão temer, longe da paz e perto do fim sonhado.

RECEBIDA: CL

05 de Setembro de 2015