Filtrar Mensagens:

  

nº 1321, publicada a 07 de Maio de 2019

Dos três alinhados um quebrará às mãos do inimigo da beleza. Negro dia tomará forma, pelo belo que se perdeu e por aquilo que não viveu.

RECEBIDA: CL

14 de Março de 2019

  

nº 1322, publicada a 07 de Maio de 2019

Tempo não restará à Terra, que vivido e contado não tenha sido.

Tudo em marcha desalinhada corre para o fim e para a morte.

RECEBIDA: CL

26 de Março de 2019

  

nº 1323, publicada a 07 de Maio de 2019

O tempo do que desgraça o chão de outros estará a Europa, que varrida nas suas entranhas estará pelo destino que traz o tempo e o vento.

RECEBIDA: CL

27 de Março de 2019

  

nº 1324, publicada a 07 de Maio de 2019

Entrará o desespero solitário pela calada, que a noite esconde na Suécia. À luz da morte fará a justiça pelo Deus que defende e pela ideia que conspira.

RECEBIDA: CL

27 de Março de 2019

  

nº 1325, publicada a 07 de Maio de 2019

Mar revolto se avizinha nas sete colinas, erguida a ira da desgraça que o tormento trará.

RECEBIDA: CL

28 de Março de 2019

  

nº 1326, publicada a 07 de Maio de 2019

Desolada pela beleza que arrastada será pela dor que a intempérie escolhe, estará o sul de Espanha.

RECEBIDA: CL

10 de Abril de 2019

  

nº 1327, publicada a 07 de Maio de 2019

Entregue à sorte da desgraça estará Lisboa, quando por terra o tecto cair.

RECEBIDA: CL

13 de Abril de 2019

  

nº 1328, publicada a 07 de Maio de 2019

Encolhido entre os dedos está o anel que dento do fogo se agita.

RECEBIDA: CL

16 de Abril de 2019

  

nº 1329, publicada a 07 de Maio de 2019

Incrédulas as almas que se perderão nos Campos Elísios quando a desgraça trair a paz.

RECEBIDA: CL

20 de Abril de 2019

  

nº 1330, publicada a 03 de Julho de 2019

Portugal sofrerá o seu maior revés.

Aos milhares estarão na rua, desacatos e bandeiras erguidas ao vento que com intensidade sofre.

Em apuros o poder soberano do líder que acima de tudo se encontra, contra ele o povo que em agonia abundante se encontrará.

RECEBIDA: CL

04 de Maio de 2019

  

nº 1331, publicada a 03 de Julho de 2019

Israel sucumbirá ao poder da terra, que debaixo de si mostrará o leito de vulnerabilidade de anos de submissão do poder instaurado ao poder concedido.

Devolvida será a terra aos que a ela pertencem e erguidos sobre mastros estarão os traidores à verdade da pertença.

RECEBIDA: CL

04 de Maio de 2019

  

nº 1332, publicada a 03 de Julho de 2019

Desespero se avizinha para o irmão maior da Península Ibérica, dificilmente o poder será poder sem que sempre o seja questionado.

RECEBIDA: CL

04 de Maio de 2019

  

nº 1333, publicada a 03 de Julho de 2019

Sofrerá a Gardunha às mãos da desgraça que o homem para si cria numa honestidade carregada de maldade que a inocência carrega.

RECEBIDA: CL

13 de Maio de 2019

  

nº 1334, publicada a 03 de Julho de 2019

Assolada será Chicago pela derrota que a instabilidade cria num rodopiar de morte que a vida nunca viu.

RECEBIDA: CL

13 de Maio de 2019

  

nº 1335, publicada a 03 de Julho de 2019

Gritará Pretória a liberdade que o poder que cai levantará.

RECEBIDA: CL

27 de Maio de 2019

  

nº 1336, publicada a 03 de Julho de 2019

A folha da desgraça voará em Silverado, quando o tempo que escasseia se agitar na tormenta que a brisa traz.

RECEBIDA: CL

27 de Maio de 2019

  

nº 1337, publicada a 03 de Julho de 2019

Oklahoma deixará de ser passado quando o presente que o futuro esconde tomar lugar.

RECEBIDA: CL

27 de Maio de 2019

  

nº 1338, publicada a 03 de Julho de 2019

Sem que o tempo espere, sem que o futuro se mostre, tomada será a Ericeira.

RECEBIDA: CL

27 de Maio de 2019

  

nº 1339, publicada a 03 de Julho de 2019

No Douro tombarão as almas cujo caminho longo, curto cessará.

RECEBIDA: CL

27 de Maio de 2019

  

nº 1340, publicada a 03 de Julho de 2019

Render-se-ão as almas ao Vouga que as ceifará.

RECEBIDA: CL

27 de Maio de 2019