Mensagem da Mãe 

nº 3, publicada a 19 de Março de 2011

2ª Parte

Queridos filhos,

A consternação pára nos vossos corações pelos acontecimentos recentes que abalaram o vosso planeta, estão só ainda no princípio todas as dores da humanidade, deveis procurar fugir às ciladas do inimigo, que tudo faz para trazer a derrota para vós, colocando um jugo na vossa conduta, pensamentos e coração.

Não permitais que ele saia vitorioso, está em vossas mãos a escolha dos vossos caminhos. Eu estou aqui sempre presente, junto de vós, em várias partes, para que percebam que estou atenta a tudo e esperando que me ouçais.

Como é importante meus filhos que nestes tempos vós me ouvis, já não tendes muito tempo para decidirdes o vosso caminho e conduta. E o meu desejo é salvar-vos a todos, mas para isso têm de mudar os vossos corações e aplicarem regras à vossa conduta.

Eis os tempos que o homem nunca presenciou…

Amo-vos meus filhos e em mim repousam os vossos corações, mesmo quando a vossa entrega não é sincera, assim percebeis que eu aceito todos os meus filhos por igual sem excepções.

Sameiro, Braga, 15 de Março de 2011