Mensagem da Mãe 

nº 6, publicada a 02 de Abril de 2011

3ª Parte

Queridos filhos,

O mundo está em mudança e o homem perde-se no seu meio, os seus actos já não são coerentes com os acontecimentos, que eles próprios não conseguem acompanhar e perceber.

A fé perde-se a cada dia transcorrido e a esperança de que tanto ireis necessitar, torna-se uma miragem e um sentimento que não consegue encontrar significado.

O homem perdido como está vira-se contra si próprio e combate com ele mesmo, na procura das inquietações que sente e no seu vazio existencial.

Deus espera por todos vós, fala ao coração de cada um, mas tornaram-se insensíveis e já não escutam.

Procurais Deus onde ele não existe e substituis no vosso dia a dia por tudo quanto não tem valor e significado.

Muito em breve o vosso país será atingido por uma imensa tragédia, sabei que apesar de ser a terra escolhida por Deus para os seus desígnios, não estareis a salvo das provações.

Amo-vos meus filhos e em mim repousam os vossos corações, mesmo quando a vossa entrega não é sincera, assim percebeis que eu aceito todos os meus filhos por igual sem excepções.

Sameiro, Braga, 26 de Março de 2011