nº 162, publicada a 26 de Fevereiro de 2015

Não condenes os outros aos teus olhos, desprove-te da cegueira e acalenta-o junto de ti.

RECEBIDA: CL

13 de Outubro de 2014