nº 166, publicada a 27 de Fevereiro de 2015

O homem é um ser surdo de emoções.

RECEBIDA: CL

19 de Outubro de 2014