nº 707, publicada a 13 de Julho de 2021

Teme quando o teu caminho é forrado de veludo sem vincos.

RECEBIDA: CL

21 de Junho de 2021