Filtrar Mensagens:

 MENSAGEM DA MÃE 

nº 101, publicada a 22 de Novembro de 2021

Amados filhos,

O tempo de tudo é chegado! Não existe mais tempo acrescer ao que foi determinado pelo PAI EXCÉLCIO desde os princípios do próprio tempo.

O meu amor, esse continuará e existirá abundantemente para todo aquele que em verdade me busque. Encontrará refúgio, confiança e esperança, mas o seu coração tem de respirar verdade nos tempos actuais, para que possa encontrar os ingredientes que permitam ultrapassar as dificuldades inerentes ao tempo actual.

Fecha-se um ciclo e inicia-se novo completamente diferente do que encerra e tal e qual como no que findou, existirá dúvida, incerteza e insegurança entre o sabido e o complementar, o actual e o ajustado, o que estabelece e vem agora repor o sentido de tudo o que escondido foi, por vontade alheia às nossas próprias vontades, minha e do PAI EXCÉLCIO.

Confusão, desorientação e perca de imensos vão ocorrer, porque em verdade e de verdade não viveram em verdade e de verdade não acreditarão, mas a seu tempo e já sem o tempo perceberão o erro que tiveram e promoveram sendo tarde para qualquer outra situação!

Por isso é fundamental em vós existir verdade e virem ao amor que possuo por todos vós e se assim acontecer, enganos e confusões não ocorrerão, que vos levará a caminhos que não são aconselhados.

Aproximam-se enormes e imensas tempestades da humanidade, elas não estão muito longe de ocorrer, aliás são só o início que acompanham o novo ciclo que agora recomeça e saibam cada um de vós reconhecer e ouvir os sinais inerentes que vos conduzam até mim.

Amo-vos meus filhos e em mim repousam os vossos corações, mesmo quando a vossa entrega não é sincera, assim percebeis que eu aceito todos os meus filhos por igual sem excepções.

RECEBIDA: Ricardo Fins

Santuário de Fátima (FÁTIMA), 20 de Novembro de 2021

 MENSAGEM DA MÃE - 2ª MENSAGEM 

nº 102, publicada a 29 de Novembro de 2021

Amados filhos,

A humanidade perde-se em labirintos provocados pelo homem. Aquele que se dispõe a ser discípulo do oposto e com toda a confusão criada actualmente na vossa sociedade, somente o alto som, os berros e barulhos estridentes ecoam alto pela atmosfera terrestre distraindo os incautos e adormecendo os sonolentos.

Sabei que é seu propósito criarem todas estas condições para que não vos apercebais das alterações que tudo passa à vossa volta, levando-vos a um abismo absurdo e profundo de proporções incalculáveis.

ACORDAI HOMENS DA TERRA DO VOSSO SONO E INSENSATEZ, pois se não o fizerem pereceis para a vida eterna.

Não vos deixeis conduzir pelos discípulos daquele que somente vos quer aprisionar, subjugar e destruir.

De igual forma e proporção e porque são os meus tempos que correm, dei cumprimento ao meu chamado há 175 anos atrás, e eles já estão presentes agora junto de vós, para que através deles e neles vós possais em verdade vir ao encontro do verdadeiro resgate em completo silêncio e compreensão de que os tempos actuais são de fim, para que novos se possam iniciar, tal como a promessa do PAI EXCÉLSIO estabeleceu no princípio de tudo.

Largai a confusão dos dias e focai o vosso coração naquilo que ele e somente ele poderá levar-vos ao caminho, o único que conduzir-vos-á à vossa morada celestial.

Outro não existe.

RECEBIDO: Ricardo Fins

Santuário de Fátima (FÁTIMA), 20 de Novembro de 2021

 MENSAGEM DA MÃE 

nº 103, publicada a 07 de Dezembro de 2021

Meus filhos,

Em meu coração não cabe tanta dor e sofrimento que para vós e para o Mundo se avizinha.

Um anúncio muito atempado pelo sofrimento que a meu filho foi imposto em tal provação de amor e salvação pelo outro. Uma mensagem nunca percebida por todos sem excepção, uma mensagem usada por todos em prole do anúncio da salvação que na verdade não terá mais lugar, pois o fim do atempado findar mostrará todo o seu poder e desenlace.

Acorrentada sempre esteve a humanidade a tudo que prende e não enaltece, terminará acorrentada a todos os seus desejos e anseios desprovidos de verdade. Mergulhada será num manto de escuridão profetizada, conhecida, mas não aceite, que trará ao mundo o fim.

Nada desaparecerá sem sinal, apenas iniciará o término até que o vazio se instale em grande e profundo sentimento até agora nunca visto.

Batalhareis pelo pão que semente não tem para alimentar vossas bocas, batalhareis pela abundância desperdiçada até que em vós se instale o desespero pelo que perdido foi e jamais retornará.

Espadas serão erguidas no alto das conquistas daquilo que vosso não é, nunca foi, mas que para vós foi criado para estimar e não cessar o tempo.

Tudo findará, para que do fim do tempo renasça novo conhecimento e entrega.

Cavaleiros viajarão pela eternidade da conquista que o fim traz, sem parar os seus castigos libertarão impiedosos de sentimento, mas cientes da sua função.

A tudo assistireis incrédulos, ajoelhareis vossas orações, mas de nada vos valerá, pois em curso tudo estará para que o tempo se cumpra e o novo tenha lugar.

RECEBIDA: CL

Santuário de La Salette - Alpes - FRANÇA , 18 de Setembro de 2021